Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Estudante é selecionado para o Jovens Embaixadores 2019
Início do conteúdo da página Notícias

Estudante é selecionado para o Jovens Embaixadores 2019

Arthur Silas vai participar de intercâmbio de três semanas nos EUA em janeiro de 2019.
  • Maycon Rangel
  • publicado 07/11/2018 22h14
  • última modificação 07/11/2018 22h14

O estudante Arthur Silas Sirqueira Melo, que cursa o 3º ano do curso técnico em Informática do IFMA Campus Imperatriz, foi selecionado para o Programa Jovens Embaixadores 2019, para uma jornada cultural de três semanas nos Estados Unidos. No total, 50 estudantes da rede pública de todo o país foram selecionados pela Embaixada norte-americana para participar do programa.

Arthur Silas vai participar de intercâmbio nos EUA em janeiro de 2019

Arthur Silas desenvolve um trabalho voluntário no campus, atuando como diretor de Comunicação do Grêmio estudantil, sendo responsável pelos canais de comunicação da entidade com os alunos e outros departamentos. “No Grêmio Estudantil eu fui responsável por fazer a conexão entre os departamentos da instituição e os interesses dos alunos, informá-los das notícias, das oportunidades acadêmicas, das feiras e exposições”, relata o jovem embaixador.

O estudante comemora a conquista e acredita que o intercâmbio vai contribuir de forma significativa para ele e para sua comunidade escolar. “A sensação com a conquista é de satisfação, muita alegria e, sobretudo, uma intensa gratidão a todos que acreditaram, torceram e ofereceram suporte. É o resultado de um período valioso onde me empenhei em adquirir proficiência na língua inglesa e ser gremista no IFMA, o que contribuiu para que eu melhorasse como ser humano e desenvolvesse habilidades importantes, como a de falar em público e promover o bom convívio da comunidade estudantil”.

A viagem aos Estados Unidos será de 11 de janeiro a 02 de fevereiro de 2019. Durante essas três semanas, eles passarão pela capital dos EUA, Washington, D.C., e depois, em grupos embarcarão para diferentes cidades americanas, onde ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias.

Os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo dos EUA, líderes de ONGs, visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos EUA, farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo. No final da viagem, eles apresentarão um plano de ação na área de justiça social e voluntariado que será implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil. “A expectativa no momento é de aprender muito com a experiência, que é minha primeira fora do Brasil, adquirir conhecimentos que com certeza serão um divisor de águas na minha vida e, por extensão, uma alavanca de impacto por meio da promoção de um mundo melhor – mudar o mundo é um dos meus principais ideais. A perspectiva de viajar para os EUA sempre foi desejada por mim, mas antes parecia algo distante. No entanto, hoje vejo que é possível sonhar grande e obter resultados substanciais, e é esse sentimento que almejo fomentar nos jovens brasileiros, bem como nos maranhenses”, destacou o estudante.

Além de Arthur Silas, outra estudante maranhense também foi selecionada para o programa: Amanda Costa Barros, aluna do Centro de Ensino Dr. Paulo Ramos, escola da rede estadual de ensino, localizada em Chapadinha. A lista dos 50 estudantes selecionados foi divulgada no dia 30 de outubro.

 

Saiba mais

Criado em 2002, por iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos, o “Jovens Embaixadores” tem como alvo alunos brasileiros que são exemplos em suas comunidades, em termos de liderança, atitude positiva, trabalho voluntário, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa. O programa visa fortalecer o ensino público por meio desses alunos, transformando-os em modelos para as suas comunidades. Desde 2003, 572 jovens brasileiros já participaram do programa.

Fim do conteúdo da página