Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Alunos do Campus Imperatriz se destacam em vestibulares
Início do conteúdo da página Notícias

Alunos do Campus Imperatriz se destacam em vestibulares

Felipe de Assis foi aprovado em Engenharia Civil na UFT e Lucas Almeida no vestibular do ITA.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 23/12/2020 20h03
  • última modificação 23/12/2020 20h03

Dois estudantes do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Imperatriz se destacaram em seleções de Instituições de Ensino Superior do país. Felipe de Assis Goudinho de Sousa, aluno do 3º ano do curso técnico em Edificações, foi aprovado no vestibular para Engenharia Civil da Universidade Federal do Tocantins (UFT), e Lucas Almeida Oliveira, aluno do 2º ano do curso técnico em Edificações, com apenas 15 anos de idade, foi aprovado no vestibular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), um dos mais concorridos do Brasil. Os dois ainda não poderão cursar o nível superior, mas já nos trazem uma enorme motivação para seguir nesses tempos, não acham?

Eles falaram um pouco sobre essa experiência. Confira as entrevistas:

 

Lucas Almeida de Oliveira

Lucas, mesmo que você não possa cursar o ITA agora, por que ainda está no 2º ano, como você se sente com a aprovação?

Eu me sinto satisfeito com o resultado. O ITA é uma das minhas metas desde que eu descobri a sua existência e esse ótimo resultado é um sinal de que eu estou seguindo no caminho certo.

 

O que te motivou a realizar as provas?

Eu costumava não gostar do estilo dos vestibulares comuns quando eu estava no 9° ano. O ITA entrou primeiramente como uma alternativa boa de vestibular porque as matérias cobradas são só Matemática, Física, Química, Português e Inglês. Quando pesquisei mais sobre o instituto, vi o que ele podia me oferecer e comecei a estudar sem medo para ele, transformando-o em uma de minhas metas.

 

Como você se preparou neste período de pandemia, com todas as dificuldades do ensino remoto?

Tive um uso bem intenso das plataformas digitais, principalmente o meu celular. É incrível a vastidão de recursos que se pode encontrar na internet e a comunidade de alunos que se preparam para o ITA é bem unida.

 

Você pretende realizar a prova novamente ano que vem?  E que dicas você traz para os alunos que estão com foco nos estudos como você, mas que encontram dificuldades de estudar por causa do ensino remoto? Com certeza. Ser autodidata: essa habilidade foi de grande ajuda no meu caso; eu sempre gostei de estudar os assuntos por conta própria e os professores geralmente me ajudavam a tirar dúvidas sobre os assuntos. Direcionamento: acredito que só ser autodidata não é suficiente para chegar nos objetivos. No caso de um vestibular tão específico como é o caso do ITA, você deve saber o que estudar e saber manter o foco. Cursinhos focados no ITA têm especialidade nisso, mas enquanto eu não tive essa oportunidade, eu tive o auxílio de amigos que se preparavam e me davam umas dicas com relação a isso.

Minhas dicas de exercícios: minha melhor forma de entender um assunto é fazendo questões, mas a escolha de questões deve ser boa, de forma que não seja gasto muito tempo com questões muito fáceis e nem seja gasto muito tempo com questões impossíveis.

 

Felipe de Assis Goudinho 

Felipe, e você? Fale um pouco sobre você e sua aprovação para Engenharia Civil.

Me chamo Felipe de Assis Goudinho de Sousa, sou aluno da turma 311-I do curso de Edificações do Campus Imperatriz. Em dezembro, fui aprovado no PSC-2020.2 da UFT Campus Palmas utilizando a nota do Enem 2019, quando ainda cursava o segundo ano, para o curso de Engenharia Civil.

 

Como foi a rotina de estudos neste período de pandemia?

A minha rotina de estudos agora na pandemia foi me preparando para os vestibulares desse ano. Concentrei meus esforços em absorver o máximo da educação fornecida pelo IFMA (não faço cursinho). Logo tento, ao máximo, ser participativo nas aulas e entregar todas as atividades propostas pelos professores, primando sempre pela organização.

 

Quais dicas você dá para os alunos que estão buscando aprovação nesse período difícil que estamos passando?

Para quem também está nessa luta de vestibulando no período pandêmico, desejo que vocês sejam compreensivos com vocês mesmos, pois estamos vivendo em um cenário atípico. E não custa lembrar que não estamos em uma corrida, todos estão vivendo no seu momento e o importante é fazer o que você se sentiria realizado fazendo.

 

Por causa da pandemia e as alterações do Calendário letivo, não foi possível efetuar sua matrícula, mas você pretende refazer o próximo vestibular UFT?

A UFT nunca tinha sido uma possibilidade cogitada por mim e meus familiares, mas quando consegui a aprovação, tentamos juntamente com o IFMA uma forma de fazer esse sonho se tornar realidade. Infelizmente, não conseguimos resolver isso, mas eu sinto que minha vocação é fazer Engenharia Civil, e se eu for aprovado novamente na UFT, irei ficar muito feliz

Felipe, o que te motiva a continuar focado nos seus objetivos de estudante?

O que mais me motiva é saber que a educação é o principal modificador de uma sociedade. Eu começo a fazer em mim a mudança que eu quero ver no mundo, e sinto que através da minha vida estudantil eu posso fazer isso com êxito.

Fim do conteúdo da página