Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus realiza XIV Encontro de Africanidades
Início do conteúdo da página Notícias

Campus realiza XIV Encontro de Africanidades

Evento foi realizado de 16 a 19 de novembro, com atividades acadêmicas e artístico-culturais voltadas para promover a reflexão sobre as desigualdades sociais, étnico-raciais e de gênero.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 22/11/2022 10h57
  • última modificação 22/11/2022 13h34

O IFMA Campus Imperatriz realizou, de 16 a 19 de novembro, o XIV Encontro de Africanidades. O evento, realizado pelo Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas da unidade de ensino, promoveu atividades acadêmicas e artístico-culturais, reunindo oficinas de leitura, palestras, mesas redondas, saraus, concursos de desenhos, disputas de rimas, minicursos, oficinas de Jogos 2D e peças teatrais.

 

Entre os destaques da programação, a palestra de abertura “Expressão Feminina do Hip Hop nas Letras de Maria Firmina dos Reis”, que proporcionou a troca de ideias entre pesquisadores e estudantes da temática racial e de gênero com articuladores culturais do Hip-Hop do Maranhão, Pará e Tocantins, utilizando como liame a vida e a obra da escritora maranhense Maria Firmina dos Rei, que completa o seu bicentenário este ano. O objetivo foi promover a conexão entre este estilo de música popular urbana e a autora, “reconstruindo conceitos e pré-noções sobre o hip-hop e a literatura brasileira sob o olhar antirracista e feminista enquanto instrumentos de crítica social”.

 

O Encontro de Africanidades realizou também as palestras “Resistências Sociais e Culturais na Cidade de Imperatriz: articulação do movimento negro, hip hop e o combate a misoginia” e “Cultura Antirracista e Direitos Humanos”. Entre outras atividades, houve a “Oficina de Tranças e Penteados Afro”; a apresentação teatral ““Esta é a América: identidade feminina”; o Sarau “Olhos Coloridos”; e os minicursos “Jogos 2D: Contribuições da vida e obra de Maria Firmina dos Reis para as Relações Étnico-raciais na Educação” e “De Coisa a Sujeito: evolução histórica da legislação antirracista no Brasil”.

Ocorreu ainda durante o evento a “Exposição de Artes Afro Centradas” e o “II Concurso de Desenho Livre”, com o tema “Mulher, palavra pro mundo”. Fernando Lima comentou sobre realização do concurso de desenho. “Durante o último dia do Encontro de Africanidades os convidados da comunidade local e palestrantes convidados foram jurados do concurso de desenhos criados pelos alunos. A arte vencedora será graffitada na quadra poliesportiva do campus em 2023. Tenho máximo respeito pelos elementos desta cultura urbana. Vejo grande potencial autoral e de expressão de nossos e nossas jovens do IFMA, principalmente em projetos futuros envolvendo a dança, a poesia, as tecnologias de áudio e visual”, disse.

De acordo com uma das organizadoras do evento, Stefânia Cabral, o evento buscou “objetivar a promoção do protagonismo feminino como estratégia de combate à violência de gênero, dar visibilidade às manifestações culturais de origem negra na cidade de Imperatriz, incentivar a ocupação feminina de espaços artísticos-culturais normalmente preenchidos pela presença masculina, compreender como se organiza o movimento Hip Hop na cidade de Imperatriz e a atuação das mulheres nestes espaços, divulgar a vida e a obra de Maria Firmina dos Reis no seu bicentenário de nascimento”. Segundo ela, o Encontro de Africanidades também teve como propósito “incentivar os alunos a conhecerem e estudarem sobre o movimento Hip Hop com a produção e apresentação de uma peça teatral e aprimorar e iniciar a leitura e estudo sobre questões étnico-raciais com destaque ao protagonismo das mulheres negras no cenário cultural brasileiro”.

Veja mais fotos:

https://drive.google.com/drive/folders/1BLW9eSef3ssFbVGV_cbPdYq-rqPnKtyD?usp=sharing

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página